A fórmula da sua saúde
GUIA DE SAÚDE

Natalie Piai Ravazzi

Otorrinolaringologista

Ratidina Cloridrato

Ratidina Cloridrato
Peso molecular 350,9
Aspecto Pó branco com odor característico
Solubilidade Totalmente solúvel em água; pouco solúvel em etanol; insolúvel
em clorofórmio
Propriedades/Aplicações

RANITIDINA é um antagonista dos receptores histamínicos H2 com propriedades similares ao da Cimetidina. Assim como outros deste grupo, este agente anti-ulceroso inibe a secreção basal (em jejum) e estimulada de ácido. O volume de suco gástrico e a concentração ácida também são reduzidos.

A produção de pepsina, que é secretada pelas células principais das glândulas gástricas, diminui proporcionalmente à redução do volume gástrico.

A RANITIDINA não exerce efeito significante sobre a secreção de fator intrínseco estimulado por pentagastrina. Demonstra pouco ou nenhum efeito sobre os níveis séricos de gastrina pós-prandial. Este bloqueador é bastante indicado em casos de úlcera gástrica ou duodenal e condições de hipersecreção gástrica, como na síndrome de Zollinger-Ellison.

Pesquisas práticas demonstram que a RANITIDINA é algumas vezes mais potente que a cimetidina. Além disso, não inibe o citocromo hepático P450, portanto não potencializa as ações de drogas que são inativadas por esta enzima.

RANITIDINA é rapidamente absorvida pelo trato gastro-intestinal.

Especificações Ponto de Fusão = 133~134oC
Dosagem usual

É indicada por via oral (xarope, comprimidos) em doses de 150 mg/2 vezes ao dia; por via intra-muscular e endovenosa em doses mascarar sintomas e retardar a diagnose.

É contra-indicado em pacientes com insuficiência renal grave e mulheres grávidas.

Observações RANITIDINA possui pouco ou nenhum efeito anti-androgênico e as incidências de ginecomastia e impotência são baixas. Antes da sua administração, excluir a possibilidade de manifestação maligna, pois pode NOME QUÍMICO: N - [2 - [[[ - 5 - [(Dimethylamino)methyl]-2-furanyl] methyl] thio]ethyl]- N"-methyl-2-nitro-1,1-ethene-diamine, HCL