A fórmula da sua saúde
GUIA DE SAÚDE

José Eduardo Aguas

Clínico(a) Geral

Meloxicam

Meloxicam Antiinflamatório de última geração
Nome comum Meloxicam
Denominação científica 4-hidroxi-2-metil-N-(5-metil-2-tiezolil)-2H-1,2-benzotiacina-3-carboxiamida-1,1-dióxido
Aspecto Pó cristalino ou microcristalino amarelo pálido e inodoro
Solubilidade Pouco solúvel em clorofórmio e ácido acético; muito pouco solúvel em metanol; praticamente insolúvel em água.
DL-50 (Oral) 470mg/Kg em camundongos
Atividade Meloxicam é um novo conceito em antiinflamatório porque oferece elevada eficácia com pouquíssimos efeitos colaterias. Ele atua preferencialmente sobre a cicloxigenase-2, responsável pelo metabolismo das prostaglandinas. Por outro lado Meloxicam possui escasso efeito sobre a cicloxigenase-1, cuja atuação é de grande importância na regulação da mucosa estomacal. Essa enzima ajuda a proteger o estômago das agressões devido à ação dos ácidos gástricos. A cicloxigenase-1 também está envolvida na regulação do funcionamento dos rins. Por isso Meloxicam quase não causa efeitos colaterais sobre o sistema gastrointestinal e renal, como a maioria dos antiinflamatórios não esteroidais. Meloxicam é mais eficaz do que os antiinflamatórios não esteroidais convencionais, oferecendo resposta terapêutica superior. É indicado nas afecções que requerem atividade antiinflamatória, analgésica ou ambas, como a artrite reumatóide e osteoartrite, citalgia e lombalgia.
Concentração usual

Na osteoartrite, 7,5mg/dia podendo ser aumentada para 15mg/dia. Na artrite reumatóide, 15mg/dia. Nos idosos a dose inicial é de 7,5mg/dia, devendo ser administrada em uma só dose e não exceder 15mg/dia. As tomadas devem ser feitas com abundante água ou durante as refeições. A dose diária por via retal deverá ser de 1 supositório contendo 15mg.

NOTA: Respeitar o fator de diluição especificado no laudo.

Reações adversas Distúrbios gastrointestinais e renais escassos, distúrbios na pele e anexos, no sistema respiratório e outros.
Observações Em pacientes com insuficiência renal severa, a dose diária máxima não deve exceder 7,5mg/dia.
Armazenamento

Manter em recipiente bem fechado e em local fresco.