A fórmula da sua saúde
GUIA DE SAÚDE

Fábio Ricardo Rotoli Drefalh

Cirurgia Vascular /Angiologia

Hidrocortisona Acetato

Hidrocortisona Acetato
Nome químico 17 Hydroxycorticosterone 21-acetate
Sinônimos Cortisol acetate
Aspecto Pó cristalino branco ou quase branco
Peso molecular 404,51
Solubilidade Insolúvel em água e éter; pouco solúvel em etanol, propilenoglicol
e clorofórmio
Especificações Ponto de Fusão= 220oC (com decomposição)
Propriedades/aplicações

O córtex adrenal sintetiza 2 classes de esteróides, os corticosteróides (glicocorticóides e mineralocorticóides) e os androgênios Tradicionalmente, essa classificação segue de acordo com o potencial de ação biológico. Os glicocorticóides são efetivos em relação à disposição de glicogênio
no fígado e os mineralocorticóides em relação à retenção de sódio.

A HIDROCORTISONA ACETATO faz parte do grupo dos glicocorticóides,no entanto, é um esteróide que demonstra atividade significativa em ambas categorias. O efeito dos corticosteróides são numerosos e amplos, influenciam o metabolismo de carboidratos, proteínas e lipídios, o equilíbrio hidroeletrolítico e as funções do sistema cardiovascular, dos rins, músculos esqueléticos, sistema nervoso e outros órgãos e tecidos. O cortisol e seus análogos sintéticos, inclusive a HIDROCORTISONA ACETATO, têm a capacidade de bloquear ou suprimir processos como calor, eritema, edema e sensibilidade locais, através dos quais se reconhece a inflamação.

Inibem não só os primeiros fenômenos do processo inflamatório (edema, deposição de fibrina, dilatação capilar, migração de leucócitos para a área inflamada e atividade fagocitária), mas também as manifestações posteriores (proliferação de fibroblastos e capilares, deposição de colágeno e mais tarde, cicatrização). São capazes de inibir a resposta inflamatória, qualquer que seja o agente causador, portanto em termos clínicos, a administração de corticosteróides pelos seus efeitos antiinflamatórios é uma terapia paliativa, pois a causa da doença permanece e as manifestações inflamatórias são meramente suprimidas.

O fator mais importante na ação antiinflamtória dos glicocorticóides, pode ser sua capacidade de inibir o recrutamento de neutrófilos e macrófagos-monócitos para a área afetada. Baixas concentrações de glicocorticóides inibem a formação do ativador de plasminogênio pelos neutrófilos. Essa enzima converte o plasminogênio em plasmina (fibrinolisina), que facilita a penetração de leucócitos em áreas
de inflamação por hidrólise de fibrina e outras proteínas. Há também evidências de que os glicocorticóides induzem a síntese de uma proteína que inibe a fosfolipase A2, diminuindo então, a liberação de ácido araquidônico dos fosfolipídios,o que diminui a formação de prostaglandinas (PG), leucotrienos e compostos correlatos, como endoperóxidos de PG e tromboxano, que exercem importante papel no processo inflamatório.

HIDROCORTISONA ACETATO; É convertida em hidrocortisona(que já é farmacologicamente ativa) no organismo, exercendo as mesmas ações que a mesma. Não se emprega na terapia sistêmica, sendo utilizado de forma tópica no tratamento de dermatoses sensíveis aos glicocorticóides, inflamações agudas, oftálmicas e ano-retais, ou em forma intraarticular nas artrites. A forma acetato da hidrocortisona é menos absorvida topicamente do que a hidrocortisona base, mas apresenta ação mais prolongada.

A inclusão de Neomicina ou drogas antimicóticas em loções e cremes que contém hidrocortisona tem o propósito de proteger contra infecções bacterianas e micóticas, que poderiam ser favorecidas pela suspensão da reação inflamatória e eliminar as infecções secundárias da condição inflamatória

Faixa de concentração É indicado em concentrações que variam de 0,25 a 2,5% em cremes, loções e pomadas; de 2,5 a 5,0% em suspensões para injeções intra-articulares; a 10% em espumas retais (aerosol) e em supositórios de 15 a 50 mg conforme o caso.
Observações O uso de HIDROCORTISONA ACETATO é contra-indicado em lesões tuberculosas, sifilíticas e virais e na gravidez. O tratamento prolongado ou em áreas maiores pode gerar efeitos colaterais locais (atrofia da pele, estrias, quadros acneiformes) ou efeitos sistêmicos por absorção do corticosteróide.
Armazenamento

Conservar em recipientes bem fechados ao abrigo da luz, calor
e umidade, pois o produto é um pouco higroscópico.