A fórmula da sua saúde
GUIA DE SAÚDE

Fredy Martinelli Rodrigues

Oftalmologista

Domperidona

Domperidona

Antiemético e gastrocinético

Nome comum Domperidona
Denominação científica 5-chloro-1-*1-*3-(2-oxo-1-benzimidazolinyl*propyl*-4-piperidyl
-2-benzimidazolinone
Aspecto em pesquisa
Solubilidade em pesquisa
DL-50 (Oral) não foi encontrada em literatura consultada
Atividade

Domperidona é um fármaco com atividade bloqueadora periférica da dopamina. Ele possui ação antiemética e modificadora das funções gastrointestinais.

Domperidona é utilizada para aliviar os sintomas agudos de náuseas e vômitos, especialmente de pós-operatórios, afecções hepatodigestivas e após administração de substâncias citotóxicas. Domperidona é indicada para aliviar náuseas e vômitos causados pela administração de Levodopa na doença de Parkinson. Também é indicado para tratar esses sintomas na pediatria e após hemodiálise. Domperidona ainda trata síndromes dispépticas causadas por distúrbios da motricidade digestiva.

Concentração usual: Via oral, a dose para adultos é de 20 a 40mg/3 a 4 vezes ao dia. Na síndrome dispéptica, 10mg/3 vezes ao dia, 30 minutos antes das refeições e ao deitar. Para crianças, a dose indicada é de 0,3mg/Kg/3 vezes ao dia 30 minutos antes das refeições e, se necessário, ao deitar.

NOTA: Respeitar o fator de diluição especificado no laudo.

Reações adversas Ginecomastia e arrítmias cardíacas, dentre outros.
Observações Não deve ser usado em náuseas crônicas e vômitos. A dose para adultos e crianças pode ser dobrada se não houver melhoria após 2 semanas de tratamento. Em pacientes com a doença de Parkinson, Domperidona deve ser usado por um período não superior a 12 semanas.
Armazenamento

Manter distante da luz, umidade e calor.